Escolha uma Página

MUNDO 3.0

25 de setembro – 09h às 13h

 

Coordenador: Paulo Braga Prado

A Programação 2018

Dentro do nosso cenário de um Mundo 3.0 que se sobrepõe as empresas e instituições tradicionais, chegamos ao momento em que a transformação digital é urgente. Os novos modelos de negócios e de administração, o uso intensivo de AI, as disfunções em todas as áreas de negócios. Mudar é preciso!

Mas mudar como?

Transformar a empresa ou criar uma nova empresa? Mudar de dentro pra fora ou de fora pra dentro? Bimodal ou unimodal?

É isso tudo que queremos pensar esse ano, com nossos convidados, no dia 25 de setembro.

09hMudar é preciso. Mas mudar como?
Afinal onde acontece essa transformação digital? Como faço? Como fazem? Por quê fazem? Como descubro o melhor caminho? Vamos falar sobre essas duvidas e outras. Sobre o que realmente faz diferença e como fazer diferente.
Nossos convidados de hoje já estarão presentes e participativos!
Carlos Nepomuceno (Nepô): Curador Geral | ML21 – Escola Canadense Brasileira de Estratégia Digital
Cezar Taurion: Head & Partner Digital Transformation at KICK Ventures/Presidente i2a2 (Instituto de Inteligência Artificial Aplicada)
Palestrante: Paulo Braga Prado

10h – Transformação Digital Bimodal: porque nenhuma organização tradicional conseguiu sucesso neste novo mercado  Temos visto várias tentativas de promover a Transformação, mas só se vê fracasso. O problema é visão equivocada e metodologia, idem. Nepô vai contar sua trajetória de mais de 20 anos como estrategista digital e o pulo do gato para colocar “o trem no trilho“.
Palestrante:  Carlos Nepomuceno (Nepô)

10h40 – IA é nova eletricidade: que impactos veremos na sociedade, empresas e profissões?
Palestrante: Cezar Taurion

11h20Debate sobre os caminhos da Transformação Digital
Paulo, Nepô e Cézar, conversam sobre a realidade da Transformação Digital no Brasil e as principais diferenças entre o que acontece aqui e no restante do mundo. Falaremos sobre os últimos livros dos dois:
. O Primeiro Passo: A Transformação Digital como base para os negócios Pós-Digitais do século XXI Cezar Taurion
. Administração 3.0Carlos Nepomuceno
Quais das grandes mudanças podemos esperar para breve, no mercado e no comportamento das empresas?
Para onde vai o corporativo, o impacto das startups nas grandes empresas?
A necessária e urgente transformação, nasce dentro ou fora da empresa?
E muito mais.

12h40 – Encerramento

O Cenário do Mundo 3.0

Horizontal, multidisciplinar, colaborativo e descentralizado.

Está preparado?

Do artesanato à industrialização. Do foco na necessidade das pessoas, para o foco na produtividade e na massificação. Crescimento e tecnologia como ferramentas para o lucro. Consumo. Padronização de produtos. Massificação. O melhor para o grupo, acima do melhor para cada um. Sete bilhões de pessoas depois… Temos uma massa demográfica jamais imaginada. Evoluímos mais nos últimos 100 anos do que em toda a história da humanidade.

As coisas mudaram.

Paga-se mais, por produtos diferenciados. Ninguém mais, compra “coisas”. Compra “experiências”. Relacionar-se é mais importante que vender ou comprar. Destacar-se na multidão é imprescindível. As relações – todas! – misturam real e virtual sem um limite definido. É nesse cenário, que empresas e profissionais estão tentando a cada dia buscar o sucesso. Quando o próprio conceito de “sucesso” mudando.

As velhas verdades se foram.

Velhos métodos e treinamentos, não funcionam mais. Não oferecem resultado. É preciso entender um pouco de tudo e ser capaz de se mover em cenários novos e mutantes. Como empresas e profissionais, vão crescer nesse velho novo mundo? Definimos alguns pontos-chave essenciais ao Mundo 3.0.

Comunicação: Como sobreviver sem ocupar um espaço na torrente de conteúdo e informação que surge todo dia?

Design: A essência da multidisciplinaridade. A capacidade de olhar o todo , entende-lo e encontrar os pontos críticos. A cada dia é mais necessário o “olhar do designer”.

Sustentabilidade: Toda e qualquer ação ou projeto, deve ser sustentável financeiramente, socialmente e ecologicamente. Respeito ao planeta, as pessoas. Foco no bem estar comum. Isso não significa abdicar de lucro ou riqueza. Mas dinheiro por dinheiro, lucro por lucro, é um pensamento falido. Insistir nessa filosofia é afastar-se da realidade.

TI: Sem TI, não existe futuro. Não existe negócio, não existe mais conhecimento, comunicação, informação. Sem TI, não existe século XXI.

AI: A Inteligência Artificial vai aos poucos mudando a maneira como as coisas são feitas e como nós vivemos. Modifica a indústria e vai ocupando espaço nas nossas vidas. Para qual futuro devemos nos preparar? Qual o impacto nas nossas vidas em um curto espaço de tempo? Ainda temos mais perguntas que respostas.   Nossa proposta aqui é misturar tudo isso na cabeça de vcs, em pequenas doses, com profissionais dessas áreas. Misturando todos os temas. Mostrando como eles são complementares e absolutamente simbióticos. Nós não viemos pra explicar, viemos pra entender também!

FALE CONOSCO

Rio Info 2017 - 15 anos consecutivos de sucesso.

Pin It on Pinterest

Share This