Escolha uma Página

CDIA.RIO

25 de setembro – 13h30 às 18h

 

A rede de Ciência de Dados e Inteligência Artificial do Rio de Janeiro – CDIA.Rio é uma iniciativa da Riosoft que conta com a participação de empresas e grupos de pesquisa trabalhando com estas tecnologias, somando quase 50 membros natos. As apresentações serão sobre as principais tendências tecnológicas e casos de uso reais, mostrando a CD & IA como vantagem competitiva.
Oportunidade de interação e compartilhamento de conhecimentos.

Coordenação: John Lemos Forman – Riosoft

13h30 – A rede Ciência de Dados e Inteligência Artificial do Rio de Janeiro – CDIA.Rio
Uma visão geral da rede CDIA.Rio e da programação que se seguirá.
John Lemos Forman – Riosoft

Formação de Talentos

13h40 – Ciência de Dados e Inteligência Artificial: você está preparado?
O número de oportunidades para jovens talentos no campo da Ciência de Dados e Inteligência Artificial cresce a cada dia. No entanto, é fundamental desmistificar essas áreas e conhecer um pouco mais as técnicas que estão gerando resultados e como começar essa jornada.
Hélio Lopes – LES/PUC-Rio

14h – Profissionais Híbridos: perfil e requisitos de formação do Cientista de Dados
O cientista de dados se enquadra na categoria de profissional híbrido, aquele que congrega áreas de expertise diversas para o desempenho das suas funções. Vamos discutir o perfil e os requisitos de formação deste profissional, a partir da análise das demandas de emprego colocadas nas redes sociais e em artigos especializados publicados.
Newton Meyer Fleury – MST

14h10 – Despertando o Citizen Data Scientist do Futuro
O Instituto de Tecnologia ORT é uma escola de base tecnológica que busca, a partir do sexto ano do ensino fundamental e no ensino médio profissionalizante, preparar os estudantes para o futuro. E o futuro tem base nos dados. Como buscamos e levantamos dados? Como visualizamos esses dados? Como transformamos esses dados em informação? Como tiramos conclusões a partir da informação? Como podemos compartilhas esses dados, as informações e as conclusões de forma produtiva e interessante. A escola vem desenvolvendo um trabalho com os jovens de forma inovadora, criativa e participativa, e apresentará os resultados desse trabalho de formação dos Citizen Data Scientists do futuro.
Ronnie Paskin – Instituto de Tecnologia ORT

14h20 – Debates com os apresentadores deste bloco
Moderação: João Carlos D. Freire Ribeiro – Neopath

Ciência de Dados no Comércio e Serviços

14h30 – Zoom nos Dados
Como estamos construindo processos para desenvolver o Zoom com base em dados e descobrindo oportunidades de negócio unindo análises quantitativas e qualitativas.
Claudia Bozza – Zoom

14h40 – Gestão de pedidos no varejo: Sistemas inteligentes em Supply chain
Apresentação da implementação da 3ª geração de um sistema de gestão de pedidos com o apoio da inteligência artificial. A complexidade e volatilidade dos processos no cálculo de estoques e pedidos sempre foi um desafio para os gestores. Sistemas e algoritmos tradicionais não são capazes de avaliar e reagir a todos os aspectos e variações não previstas. Novos algoritmos e robôs vigilantes proporcionam essa reatividade e precisão na gestão de pedidos, liberando profissionais caros para a análise e planejamento.
Márcio Ferreira – Diretor de Inovação da Lab245 Software

14h55 – A transformação digital e o papel de Data Science no banco BOCOM BBM
O banco BOCOM BBM faz parte do movimento do mercado financeiro em direção à transformação digital, o que traz desafios nos diferentes aspectos que envolvem a gestão e análise de dados. Nessa apresentação mostraremos como Data Science vem colaborando para isso em um ambiente desafiador que envolve busca por inovação, segurança, novas tecnologias e sistemas legados
Luiz Évora – Banco BOCOM BBM

15h10 – Inteligência Artificial aplicada à Central de Serviços Compartilhados (CSC)
As Centrais de Serviços Compartilhados nas empresas buscam padronizar e otimizar seus processos de negócio, objetivando a redução de custos e o aumento de produtividade e qualidade.  Neste contexto, ferramentas tecnológicas são um dos principais alicerces, sendo o uso da computação cognitiva um grande alavancador. Serão mostrados exemplos práticos de implementações em CSCs utilizando estes conceitos e ferramentas, viabilizando execução de processos e atendimentos até sem intervenção humana.
Luiz Claudio Teixeira de Souza – Servicelevel/Opusquale

15h20 – Debates com os apresentadores deste bloco
Moderação: Alberto Dávilla – Fiocruz

Ciência de Dados no Ministério Público do Rio de Janeiro

15h30 – Painel: Data Science aplicada no Ministério Público do Rio de Janeiro
O Ministério Público do Rio de Janeiro tem criado diversas iniciativas apoiadas em ciência de dados para trabalhar com grandes volumes de informação com maior proatividade para propiciar melhor entregas de resultados para sociedade.
Apresentações:

Moderação: Fabio Porto – LNCC 

Outras Aplicações de Ciência de Dados

16h10 – Plataforma de Ciência de Dados aplicada à Saúde
Iniciativa em saúde pública com objetivo principal desenvolver e disponibilizar Plataforma de Ciência de Dados (PaaS – Platform as a Service) para armazenamento, gestão e análise de grandes quantidades de dados para pesquisadores, docentes e discentes de instituições de ensino e pesquisa.
Marcel Pedroso e Jefferson Lima – Icict/Fiocruz

16h25 – Qualidade de dados para Indústria 4.0 usando modelos de Machine Learning
O desenvolvimento de um banco integrado com dados provenientes de sistemas industriais de diferentes fornecedores para atender áreas produtivas distintas, utilizando ferramentas em diferentes eras tecnológicas, evidencia uma série de dificuldades relacionadas à qualidade dos dados, das quais podem-se citar: informações faltantes e/ou desatualizadas, dados incoerentes, que ferem correlações ou estão fora de limites conhecidos. Neste contexto, estabelece-se um sistema de medição de qualidade de dados – Data Quality Assessment (DQA) –  baseado em técnicas de estatística linear e não-linear, processamento de sinais e modelos de aprendizado de máquina.
Fernando Ferreira – Twist

16h40 – Ciência de Dados em Segurança de Solos
Serão descritos brevemente como as áreas de pesquisa em computação na agropecuária, segurança de solos e fitosanidade desenvolvidas pelo laboratório de bancos de dados da UFRRJ.
Sérgio Manuel Serra da Cruz – UFRRJ

16h50 – Debates com os apresentadores deste bloco
Moderação: Diego Carvalho – CEFET-RJ

Técnicas e Ferramentas de Ciência de Dados

17h – Como interagir com milhares de sistemas na empresa e dispositivos da IoT?
O futuro aponta para um big data de informações geradas por muitos serviços (microserviços) e dispositivos IoT. Isso cria um desafio de disponibilizar uma interface simples, rápida e amigável para interagir com tudo isso em sua empresa ou cidade. Uma solução é a criação de chatbots para executar essa tarefa. Saiba como esses robôzinhos podem ajudar os usuários finais e gestores a gerir toda essa gama de dados.
Gabriel Bastos – Thrust

17h10 – Reconhecimento de Emoções e suas Aplicações
Aplicações envolvendo detecção automatizada de emoções incluem a análise de audiência em campanhas de marketing, atendimento personalizado a clientes baseado em seu humor, mecanismos de segurança em automóveis, aperfeiçoamento de processos seletivos, prolongamento do sentido de presença de robôs, etc. Apresentação de uma arquitetura baseada em redes neurais sem pesos (RNSP) voltada à classificação de emoções faciais, assim como outros resultados significativos de aplicações usando RNSP.
Leopoldo Lusquino Filho – LASI-PESC/COPPE/UFRJ – LabZERO/NCE/UFRJ

17h20 – Identificação de páginas maliciosas (phishing) com inteligência artificial
Centenas de novos golpes são criados diariamente por pessoas inescrupulosas que tem como único objetivo ganhos ilícitos. Proliferam páginas falsas de bancos, redes sociais e promoções enganosas, sendo humanamente impossível combater estes golpistas sem o apoio da tecnologia. É aí que entra a inteligência artificial, capaz de identificar padrões de engenharia social utilizados para enganar os usuários, permitindo que os pesquisadores de segurança levem vantagem nessa eterna luta de gato e rato.
Emilio Simoni – PSafe

17h30 – Ciência de Dados na prática, com transparência e produtividade
Aplicações de ciência de dados e Inteligência Artificial estão surpreendendo o mundo em função dos bons resultados já obtidos em diversas áreas. Ao mesmo tempo, ainda soam como ficção científica, fora do alcance da maioria das pessoas e negócios. Vamos mostrar que o uso da CD e IA está ao alcance de qualquer um, mas exige trabalho e método para alcançar resultados práticos e confiáveis.
John Lemos Forman – J.Forman Consultoria

17h50 – Debates com os apresentadores deste bloco
Moderação: Maria Luiza Reis – Lab245

 

FALE CONOSCO

Rio Info 2017 - 15 anos consecutivos de sucesso.

Pin It on Pinterest

Share This