Escolha uma Página

 

 

Ensaio sobre Gestão de Produtos digitais – Product Management

Esta é uma palestra divertida e perspicaz sobre os 20 anos de experiência de Dave Wascha trabalhando em Gerenciamento de Produtos para várias empresas.

Resumi para você caso você não tenha tempo para assisti-la (mas, por favor, faça)

  • Ouça seus clientes [quando se trata de problemas] – quando você não ouve os clientes, você acaba criando soluções para problemas que ninguém tem!
  •  Pare de ouvir seus clientes [quando se trata de soluções] – seus clientes são os menos qualificados para propor soluções.
  •  Olhe sua concorrência – use-a como um sinal ou ponto de largada para entender como os clientes estão respondendo ao que estão fazendo
  •  Não foque na sua concorrência – pare de ficar obcecado com o que a concorrência está fazendo, isso levará à armadilha de se tornar um produto “eu também” ao invés de ouvir os problemas de seus clientes
  • Seja um ladrão – não tenha medo de roubar ideias. Seu trabalho como gerente de produto não é apresentar todas as ideias. Seu trabalho como PM é resolver os problemas de seus clientes.
  • Lembre-se de receber o pagamento – nos concentramos em recursos, mas raramente perguntamos “alguém pagará por isso?”. Se você perguntar a um cliente que ele deseja esse recurso, ele quase sempre responderá “Sim”. Se você perguntar “você pagará por esse recurso?”, certamente terá uma resposta melhor.
  • Acelerar – quantifique o custo de não fazer algo. Às vezes chamado de “custo de atraso”. Quanto estamos perdendo por não resolver isso que os clientes precisam? Reduzir a burocracia na tomada de decisões.
  • Diga “não” – não dizemos não o suficiente. A gestão de produtos não tem a ver com tornar as partes interessadas felizes … é fazer com que os clientes fiquem felizes. Se o Marketing vier e pedir um recurso de marketing, diga não. Se uma pessoa de vendas vier e solicitar um recurso para um cliente, diga não. Se o CEO vier e pedir recursos que ele recomendou, diga não. Mas diga “não” pelas razões certas … para proteger o cliente.
  • Não seja um visionário – você não é Elon Musk. Você não precisa ser um visionário, precisa estar obcecado em resolver os problemas de seus clientes.
  •  Não se confunda com seu cliente – Suponha que você não conhece seu cliente e que tudo o que você tem são suposições. Seu trabalho é validar ou invalidar essas suposições.
  •  Seja burro – Ter uma mentalidade de iniciante e ver através dos olhos do cliente. Não acredite que você tem todas as respostas.

 

Fonte: https://www.linkedin.com/pulse/ensaio-sobre-gest%C3%A3o-de-produtos-digitais-product-eric-gallardo/

FALE CONOSCO

Rio Info 2017 - 15 anos consecutivos de sucesso.

Pin It on Pinterest

Share This